Please use this identifier to cite or link to this item: http://edubase.sbu.unicamp.br:8080/jspui/handle/EDBASE/2310
metadata.dc.type: Pesquisas
metadata.dc.creator: PERATZ, Tatiane
PORTELINHA, Angela Maria Silveira
metadata.dc.creator.orcid: https://orcid.org/0000-0003-0222-8327
https://orcid.org/0000-0002-0432-4809
Title: A organização do trabalho pedagógico no Instituto Federal e as implicações para o trabalho docente.
metadata.dc.terms.title: Revista Internacional de Educação Superior
metadata.dc.terms.source: Campinas, SP
6
metadata.dc.format.medium: e020030
Issue Date: 2020
ISSN: 2446-9424
metadata.dc.language: en
es
pt
Abstract: This article is the result of the research of a Master’s degree dissertation which has organization of the pedagogical work (OTP) of Instituto Federal do Paraná (IFPR) as its theme. Its object of analysis is the teacher’s work, specifically to what refers to the OTP. The research aims to investigate the implications of the OTP to the teacher’s work and teacher’s education at IFPR – Campus Palmas, Southeast region of Paraná state. The methodology is based on the bibliographic research in which documents and data obtained through questionnaires were answered by twenty four teachers of Campus Palmas. Through the analysis, the vertical expansion of teaching stands out as the main implication for the teacher’s work and education, since this form of organization of the pedagogical work requires action on the distinct levels of education. However, at the same, the vertical expansion is pointed as an implication for the teacher’s work, it is also considered a possibility of learning, since the changes between the levels of education demand a constant professional development and from that the different educational needs emerge. The discussions show contradictions regarding the organization of the pedagogical and the teacher’s work. It also shows contradictions regarding the teachers’ education to work in the Professional Education.

El presente artículo resulta de la pesquisa de maestría, cuya temática ha sido la organización del trabajo pedagógico (OTP) del Instituto Federal de Paraná (IFPR) y ha tenido como objeto el trabajo docente, específicamente en lo que se refiere a las implicaciones de la OTP. Busca analizar las implicaciones de la OTP para el trabajo docente y formación en el IFPR – Campus Palmas, en la región sudoeste de la provincia de Paraná. La metodología está basada en pesquisa bibliográfica cotejadas con análisis de documentos y de las respuestas de 24 docentes de la institución obtenidas por medio de un cuestionario. En el análisis, se destaca la categoría verticalización de la enseñanza como la principal implicación para el trabajo docente y formación, una vez que esa forma de organización de enseñanza requiere la actuación en los distintos niveles de la educación – básica y superior. Sin embargo, al mismo tiempo que la verticalización es apuntada como una implicación para el trabajo docente, es también considerada una oportunidad de aprendizaje para este mismo docente, visto que alternar entre los niveles da educación exige un constante desarrollo y de esto emergen las necesidades de formación. Las discusiones revelan contradicciones en el tocante a la OTP, al trabajo docente y a la formación para actuar na educación profesional.

Este artigo é resultado da pesquisa de mestrado cuja temática foca a organização do trabalho pedagógico (OTP) do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e teve como objeto o trabalho docente, especificamente no referente às implicações da OTP. O objetivo é analisar as implicações da OTP para o trabalho docente e formação no IFPR – Campus Palmas, na região sudoeste do estado do Paraná. A metodologia baseia-se em pesquisa bibliográfica com análise de documentos, legislações de dados gerados via questionários, respondidos por 24 docentes da instituição, que se adequaram aos critérios estabelecidos pela investigação. Nas análises, destaca-se a categoria verticalização do ensino como a principal implicação para o trabalho docente e formação, uma vez que essa forma de organização do ensino requer a atuação nos distintos níveis da educação – básica e superior. Contudo, ao mesmo tempo que a verticalização é apontada como uma implicação para o trabalho docente, é também considerada uma oportunidade de aprendizado para esse docente, visto que alternar entre os níveis da educação exige um constante desenvolvimento e disto emergem as necessidades formativas. As discussões revelam contradições no que tange à OTP, ao trabalho docente e à formação para atuar na Educação Profissional.
Keywords: Higher education
Educational organization
Teacher training.
Educación superior
Organismo de enseñanza
Formación docente.
Educação superior
Organização de instituição de ensino
Formação de professores.
Citation: PERATZ, Tatiane; PORTELINHA, Angela Maria Silveira. A organização do trabalho pedagógico no Instituto Federal e as implicações para o trabalho docente. Revista Internacional de Educação Superior , Campinas, SP, v.6, p. e020030. 2020. https://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8655481. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8655481. Acesso: 2021-07-22
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.20396/riesup.v6i0.8655481
metadata.dc.identifier.url: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8655481
metadata.dc.subject.classification: Nível teórico
Appears in Collections:Revista Internacional de Educação Superior (RIESup)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.